O Impact

Vivemos atualmente num contexto de fragilidade económica, financeira e social, no qual o crescente empobrecimento da população portuguesa tem marcado lugar. Sabemos bem que este empobrecimento aumenta o risco de violência e/ou do crime contra as pessoas em geral e os grupos mais vulneráveis em particular. Tal contexto tem colocado à APAV desafios que exigem respostas e modelos de intervenção complexoss, integradores e promotores de sinergias a nível local, nacional e internacional. Debater, avaliar e agir sobre o modelo organizacional da Associação é fulcral numa altura em que todos os dias procuramos a máxima eficácia dos recursos para fazer face à constante demanda.

O Projeto IMPACT – Impacto Social no Apoio à vítima, ao aliar o objetivo de implementar um sistema de avaliação organizacional à missão da APAV – apoiar as vítimas de crime, suas famílias e amigos, prestando-lhes serviços de qualidade, gratuitos e confidenciais e contribuir para o aperfeiçoamento das políticas públicas, sociais e privadas centradas no estatuto da vítima – permitirá contribuir para a eficácia das respostas da Associação e melhorar continuamente o apoio ao seus beneficiários diretos.

Existindo um conhecimento meramente empírico do reconhecimento externo do trabalho da APAV, importa sistematizá-lo com base em metodologias concretas e que resultem em evidências robusta.

 

Objetivos do Projeto IMPACT – Impacto Social no Apoio à Vítima

Objetivo geral: contribuir para a melhoria contínua e o reforço do reconhecimento externo da APAV.

Objetivo estratégico 1: implementar um sistema de avaliação organizacional, centrado na melhoria de performance da APAV (value for money).

Objetivo estratégico 2: integrar o sistema de avaliação organizacional no Sistema de Gestão da Qualidade da APAV.

Objetivo estratégico 3: reforçar reconhecimento externo da APAV enquanto organização de excelência na sua área de intervenção.

O Projecto IMPACT permitirá pois o reforço da capacidade de atuação da APAV, a melhoria da qualidade dos serviços prestados, a capacitação dos líderes da organização e, deste modo, uma mais aprofundada gestão estratégica e uma subsequente melhor governação.